• Home
  • Notícias
  • Cultura
  • Projeto ‘Karate da Cidadania’ será desenvolvido em Aparecida do Taboado

Projeto ‘Karate da Cidadania’ será desenvolvido em Aparecida do Taboado

Mariele Machado, Da redação | 07 de Março de 2017
Projeto ‘Karate da Cidadania’ será desenvolvido em Aparecida do Taboado

      Uma parceria do Conselho Comunitário de Cidadania e Segurança Pública de Aparecida do Taboado (Consepat) e do Corpo de Bombeiros irá desenvolver na cidade o projeto ‘Karate da Cidadania’, para 20 crianças, entre 10 e 13 anos; e 20 adolescentes, entre 14 e 16 anos, no mês de março.

      “Esse projeto social vai priorizar o esporte como construção do futuro dos jovens aparecidenses, o Sensei Soldado Bombeiro Militar Antônio Paulo de Castro Stabelini, faixa preta que vai aplicar as doutrinas do karate, além de incentivar a melhora na qualidade de vida dos atletas”, destacou o presidente do Consepat, Quirino Muniz Lopes.

      Quirino informou que o projeto será desenvolvido pelo 15º Subgrupamento de Bombeiro Militar Independente (15º SGBM/Ind), em parceria com o Consepat, Loja Maçônica Fraternidade nº 24 e o Capitulo Guardiões da Liberdade Nº 917 da Ordem DeMolay.

      “O Corpo de Bombeiro cederá o Sensei para ministrar as aulas do projeto, o Consepat ficará responsável pelo apoio logístico, quando houver repasse de verba ao projeto; e a Loja Maçônica disponibilizará a infraestrutura, ou seja, o salão para as aulas”, detalhou.

      A primeira aula do projeto será realizada no dia 14 de março (terça-feira), sendo que as aulas serão ministradas duas vezes na semana, com duas turmas em cada dia e com duração de uma hora cada turma.

      De acordo com Quirino, para que o projeto tenha início é necessário a aquisição de alguns materiais para treinamento funcional e de proteção para os alunos. “Serão necessários 12 cones emborrachados; quatro tornozeleiras de 1 KG; duas almofadas de chutes; quatro protetores de cabeça; dois coletes protetores; duas escadas de agilidade; 40 kimonos; 10 pares de luvas (azul e vermelha); e 40 camisetas vermelhas de malha fria P e M, tendo um custo de R$ 7.380,00”, detalhou o presidente do Consepat.

      “O projeto tem o objetivo de beneficiar crianças e adolescentes por meio do KarateShotokan, estilo que recentemente foi aceito nos jogos olímpicos, por ser um karate técnico e de menor injuria física a quem o pratica, podendo ser praticado por qualquer idade e sexo. O esporte é um grande aliado na construção do caráter do jovem praticante, contribuindo na saúde física e mental, aumentando seu foco e canalizando a agressividade para prática do esporte”, finalizou Quirino.

Aparecida do Taboado

Categoria : Cultura

Heller
Elit
Constroluz
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.