• Home
  • Notícias
  • Educação
  • ​Trabalhadores em educação aderem à paralisação e escolas ficam sem servidores na merenda, limpeza e secretarias

​Trabalhadores em educação aderem à paralisação e escolas ficam sem servidores na merenda, limpeza e secretarias

Camila Helem, da redação | 15 de Maio de 2019
​Trabalhadores em educação aderem à paralisação e escolas ficam sem servidores na merenda, limpeza e secretarias

      Aparecida do Taboado (MS) – Trabalhadores em Educação de Aparecida do Taboado e demais municípios de Mato Grosso do Sul aderiram à paralisação nacional realizada hoje (15) contra a reforma da Previdência e o corte de verbas para o setor educacional.

      Por conta do movimento, as três escolas estaduais de Aparecida do Taboado estão sem trabalhadores administrativos. Em duas unidades não haverá merenda para os alunos por falta de servidores, mas as aulas não foram interrompidas.

      Já em âmbito municipal, a Secretaria de Educação informou que todas as unidades estão funcionando normalmente.

 

Paralisação

      A paralisação luta contra a reforma da Previdência e o recente anúncio do corte de verbas para a Educação, feito pelo Governo Federal, aumentou o número de pessoas e instituições protestantes.

      Em Mato Grosso do Sul, a pauta inclui ainda a defesa do piso de 20 horas dos professores, a manutenção do abono e o fim do congelamento de salários dos administrativos da Educação.

    Com apoio do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação – SIMTED, cerca de 18 trabalhadores aparecidenses participam nesta manhã de manifestação na Praça da República, em Paranaíba.

      Segundo o presidente do SIMTED, professor Ronilson Machado, os trabalhadores estão se organizando para uma greve geral no dia 14 de junho, envolvendo todas as categorias.

    O Costa Leste News ainda apurou que os trabalhadores do setor administrativo em Mato Grosso do Sul devem antecipar esta greve para segunda-feira, dia 20 de maio, caso, até lá, não haja nenhuma negociação com o Governo do Estado.

    As manifestações estão acontecendo em todo o país e em Mato Grosso do Sul estão organizadas por regionais e na Capital.

Aparecida do Taboado

Categoria : Educação

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.