• Home
  • Notícias
  • Geral
  • Uma das melhores escolas do País é de MS e recebe projeto da Fundação Roberto Marinho

Uma das melhores escolas do País é de MS e recebe projeto da Fundação Roberto Marinho

Portal do MS | 23 de Junho de 2018
Uma das melhores escolas do País é de MS e recebe projeto da Fundação Roberto Marinho

Campo Grande (MS) – Um dia de atividades, voltadas para estudantes e professores, movimentou a EE Waldemir Barros da Silva, na terça-feira (19). Finalista do Prêmio Gestão Escolar 2017, ao lado de outras quatro instituições, a escola recebeu as equipes da Fundação Roberto Marinho e Telecurso para uma série de ações educativas e culturais. Com o foco voltado para a formação pedagógica dos professores, o evento reservou um espaço também para a contação de histórias aos estudantes.

No início das atividades, o analista de Educação, professor Marcelo Moreira, se encarregou de dar as “boas vindas” aos estudantes. Na sequência, quem pediu a palavra foi a coordenadora de projetos da Fundação Roberto Marinho, Adriana Trindade, que falou aos alunos sobre a ação.

“Assim como fizemos em outros locais que passamos, nossa proposta é trazer atividades que visam o estímulo ao desenvolvimento das práticas no ambiente escolar, para alunos e professores, por meio do uso de materiais pedagógicos. A diretora da escola, professora Ernângela, nos agradeceu pela presença, mas, na verdade, nós que agradecemos pelo espaço e o objetivo – a partir de agora – é acompanhar todo o trabalho desenvolvido aqui pela Escola”, declarou a coordenadora.

Como parte da programação, a atriz Priscila Camargo foi convidada para dialogar com os estudantes por meio da contação de histórias. Após a atividade, os alunos foram dispensados para o início das oficinas com os professores. Durante o resto do dia foram realizadas oficinas de formação sobre os mais variados temas, tais como matemática, artes, tecnologia, leitura, entre outros.

Para a diretora da escola, professora Ernângela Maria de Souza Calixto, o evento é também um reconhecimento pelas premiações recebidas recentemente. “Esse tipo de ação se traduz em um ganho muito grande para a nossa escola, principalmente pela parceria com a Fundação Roberto Marinho. Essa troca de experiências, a partir de agora, se estenderá por um ano – conforme a carta-compromisso assinada – e durante esse período vamos fazer o acompanhamento dentro de uma proposta pedagógica”, disse.

Para a secretária de Estado de Educação de MS e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Maria Cecilia Amendola da Motta, enalteceu o trabalho realizado na escola e o reconhecimento dado pela Fundação Roberto Marinho. “Em 2017, a Waldemir Barros da Silva ficou entre as finalistas e conquistou a melhor colocação entre as escolas do Centro-Oeste. Com essa premiação, a diretora teve a oportunidade de viajar para ter outras experiências que pudessem ser aplicadas em ambiente escolar. (…) A Fundação Roberto Marinho também reconheceu o trabalho de gestão da escola, que não é de uma pessoa apenas, mas sim de uma equipe que colabora e que faz parte de todo esse processo”, finalizou.

Campo Grande

Categoria : Geral

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.