• Home
  • Notícias
  • Geral
  • ​Com hora extra ameaçada, motoristas da Educação ameaçam paralisar atividades

​Com hora extra ameaçada, motoristas da Educação ameaçam paralisar atividades

Camila Helem, da redação | 08 de Novembro de 2018
​Com hora extra ameaçada, motoristas da Educação ameaçam paralisar atividades

      Aparecida do Taboado (MS) – O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais esteve à frente de uma manifestação realizada nesta quarta-feira (7) na Avenida Presidente Vargas arquitetada pelos motoristas da área da Educação, que afirmaram ter tido as horas extras ameaçadas de corte pela Administração Municipal a partir desse mês.

      Segundo o presidente do Sindicato, Gilson Alves Garcia, o aviso aconteceu de forma verbal e não agradou os motoristas que, segundo ele, excedem a carga horária trabalhada e precisam receber pelo serviço prestado. Gilson afirmou que caso o chefe do Executivo não reveja esta situação, os motoristas suspenderão a atividade em 72 horas. Ele afirmou que a paralisação é legal e que a Prefeitura seria notificada ainda na quarta-feira (7).

      Em nota, a Administração Municipal informou que “as horas extras são pagas em conformidade com aquilo que efetivamente foi realizado” e reconhece a imposição de carga suplementar: “nos últimos meses estes [servidores] realmente têm realizado carga extraordinária de 60 horas a mais do que a sua carga normal de trabalho”.

      Contudo, a Administração afirma que está estudando a possibilidade de reorganizar a forma de trabalho desses profissionais a fim de diminuir o número de horas dos servidores inclusive para cumprir recomendação do Ministério Público Estadual e diminuir a carga excessiva do próprio servidor “objetivando garantir mais qualidade e segurança no transporte dos alunos”.

      Ainda na nota, a Prefeitura diz que não atrasos salariais e garante que os servidores municipais, incluindo todas as categorias, estão com a folha de pagamento em dia, assim como aqueles que recebem gratificação e adicional noturno. E conclui dizendo que o município, inclusive, já efetuou o pagamento da 1ª parcela do 13º salário.

 

 

Aparecida do Taboado

Categoria : Geral

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.