• Home
  • Notícias
  • Geral
  • ​Apesar de muitas reclamações na internet, Procon fechou janeiro com 25 reclamações à Energisa

​Apesar de muitas reclamações na internet, Procon fechou janeiro com 25 reclamações à Energisa

Camila Helem, da redação | 06 de Fevereiro de 2019
​Apesar de muitas reclamações na internet, Procon fechou janeiro com 25 reclamações à Energisa

      Aparecida do Taboado (MS) – Em Aparecida do Taboado, o aumento na tarifa de energia causou grande movimento na internet no mês passado, principalmente através das redes sociais, e chegou a virar um movimento entre os internautas. Mas, na unidade do Procon do município, órgão de defesa do consumidor, as queixas registradas foram bem abaixo do esperado.

      Segundo o diretor da unidade local, Jary Augusto Silva, o Procon fechou janeiro com apenas 25 reclamações registradas contra a Energisa em função do aumento no valor da fatura se comparados os meses de dezembro e janeiro.

      Jary explicou que chegou a participar de audiência pública em Campo Grande, no dia 26 de janeiro, com representantes da concessionária e de consumidores de outros municípios do Estado, onde foi questionada a sensível elevação dos valores cobrados pelo fornecimento de energia.

      Na oportunidade, Jary entregou ao Superintendente do Procon/MS todas as demandas relativas às reclamações do aumento abusivo que foram abertas no mês de janeiro em Aparecida do Taboado.

      No entanto, a empresa reafirmou as altas temperaturas como principal causa do aumento na cobrança e garantiu que não foram encontrados erros na averiguação do consumo. “De todos os [casos] que averiguamos até o momento, estão todos corretos. Quem se sentir lesado deve procurar a concessionária”, disse o representante da empresa, o coordenador comercial Jonas Ortiz. A empresa ainda afirmou que não suspenderia as cobranças.

      Uma das alternativas tomadas pela Energisa depois dessa movimentação em todo o Estado foi ofertar o parcelamento da fatura referente ao mês de janeiro, onde o consumidor pode dividir o valor em até 4 vezes caso consiga comprovar um aumento acima da média em relação aos meses anteriores. Até o último dia 20 de janeiro, 355 consumidores haviam recorrido ao recurso em Mato Grosso do Sul, segundo informou a assessoria de comunicação da concessionária.

 

Aparecida do Taboado

Categoria : Geral

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.