• Home
  • Notícias
  • Geral
  • ​Membro da comissão SOS Paraná participa de audiência pública do Turismo e cobra apoio contra emissário de esgoto da Sanesul

​Membro da comissão SOS Paraná participa de audiência pública do Turismo e cobra apoio contra emissário de esgoto da Sanesul

Camila Helem, da redação | 15 de Maio de 2019
​Membro da comissão SOS Paraná participa de audiência pública do Turismo e cobra apoio contra emissário de esgoto da Sanesul

      Aparecida do Taboado (MS) – O vereador José Natan de Paula, membro da comissão ‘SOS Rio Paraná’, participou como debatedor no dia 8 de maio, na Assembleia Legislativa do Estado, de importante audiência pública intitulada “Turismo no Estado de Mato Grosso do Sul”, proposta pelo presidente da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio, deputado Capitão Contar (PSL).

      No evento, que pautou discutir as potencialidades e os desafios do turismo em Mato Grosso do Sul, José Natan levantou mais uma vez a bandeira contra a instalação do emissário final de esgoto em área de balneário no município de Aparecida do Taboado, cuja instalação já foi concluída pela Sanesul, restando apenas a licença de operação. Ele ainda ressaltou que a empresa precisa respeitar o que foi decidido em audiência pública realizada no município no dia 19 de março.

ASSISTA AO VÍDEO: https://www.facebook.com/josenatan.depaula/videos/2234984199921532/.

Vereador José Natan, membro da comissão SOS Paraná

     “Na oportunidade abordei o tema sobre a preservação dos rios e solicitei para ser inclusa uma pauta positiva nesta audiência sobre a nossa situação do emissário de esgoto nas áreas de balneário. Expus para as autoridades estaduais e diretores de órgãos responsáveis sobre a situação do nosso movimento ‘Juntos somos mais fortes S.O.S Rio Paraná’, que vem ganhando mais força a cada dia”, explicou.

      O vereador pediu o apoio de autoridades, lideranças e entidades ligadas ao Turismo no Estado para que engrossem a lista de apoiadores contra a localização desse emissário, destacando que sua operação afetará diretamente o turismo local, prejudicando torneios aquáticos, a balneabilidade da região e a atração de turistas ao município, além de colocar em cheque a qualidade do pescado produzido por empresas instaladas às margens do Rio Paraná, principalmente as que ficam próximas ao local de instalação do emissário, sendo extremamente prejudicial ao desenvolvimento econômico e turístico não só de Aparecida do Taboado, mas de toda a região.

      Para comprovar sua fala, o vereador comentou a situação do Córrego Rondinha, onde a Sanesul despeja o esgoto do município atualmente, classificando-o como “afluente morto”.

      José Natan foi bastante aplaudido ao final de sua fala e ganhou o apoio do proponente da audiência, “já enviamos ofício ao Governo do Estado e à Sanesul cobrando respostas sobre este assunto e nós, como legisladores e fiscalizadores do Poder Executivo, estaremos à frente, levando essa bandeira junto com todos os municípios envolvidos, principalmente Aparecida do Taboado”, falou deputado Capitão Contar, agradecendo a participação do vereador aparecidense.

      Ainda na audiência pública foram debatidas a vocação turística, os desafios e corredor rodoviário bioceânico de Mato Grosso do Sul.

 

Aparecida do Taboado

Categoria : Geral

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.