Governo Municipal Nenhum comentário

​Prefeito de Santa Fé proíbe fogos de artifícios barulhentos em eventos oficiais

Da redação | 28 de Novembro de 2018
​Prefeito de Santa Fé proíbe fogos de artifícios barulhentos em eventos oficiais

      Santa Fé do Sul (SP) - O Decreto nº4.374, de 22 de novembro de 2018, assinado pelo prefeito Ademir Maschio, determina a proibição de uso de fogos de artifícios com efeitos sonoros em eventos e inaugurações realizadas pela Administração Municipal, podendo ser permitidos apenas os fogos com efeitos visuais.

      “Nos atos oficiais estão autorizados somente fogos de artifícios com efeitos visuais, ou seja, fogos de vista sem estampidos. Essa medida é um primeiro passo de mudança de hábito e conscientização, pensando na preservação dos animais domésticos e silvestres, nos idosos, enfermos, etc.”, afirmou o prefeito Ademir. O som produzido pelos fogos de artifícios fica acima de 150 decibéis e, segundo estudos científicos, ruídos que ultrapassem a 85 dB, principalmente quando estão acima de 120 dB, são prejudiciais à audição sensorial, além de outros transtornos decorrentes do barulho.

      O Decreto visa evitar prejuízos à saúde do homem, em especial crianças, idosos, pessoas com transtornos mentais, com síndrome de down, autistas e de pessoas com deficiência auditiva que utilizam aparelhos, e riscos aos animais, tais como fugas, surtos e atropelamentos. A criação do Decreto atende também uma reivindicação do Grupo Santa-fé-sulense de Apoio à Vida Animal (Gavas).

      Na oportunidade, a presidente do Gavas Conceição Silva Lizidatti afirmou estar muito feliz com essa vitória não só para os animais, mas também para a população. “Os fogos de artifícios são capazes de ocasionar mortes, enforcamentos em coleiras, quedas de janelas, fugas desesperadas, taquicardia, salivação, tremores, dentre outros fatores prejudiciais à vidas dos animais”, lembrou Conceição.

      Em defesa das aves silvestres, também estiveram presentes Rafael Guilhen e Alan Souza, que representam o Projeto Arara Canindé. “Estamos muito felizes e gratos por essa medida do prefeito Ademir”, declarou Alan.

      O presidente da Câmara Marcelo Favaleça ressaltou que a pauta já tem sido discutida pelos vereadores e, em breve, será Lei, abrangendo todo o município. “Parabenizo o prefeito Ademir pelo decreto e nós daremos sequência com a criação da Lei”.   

      Estavam presentes durante assinatura o vice-prefeito Alcir Zaina, os vereadores Leandro Magoga, Aniceto Facione, Ronaldo Lima e Renato Ferraz, o secretário de Turismo Alex Sandro da Silva, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente Adércio Rodrigues, o secretário de Administração Alexandre Izelli e o engenheiro ambiental do Saae Marcelo Correa.

 

*Informações da Assessoria de Comunicação.

Santa Fé do Sul

Categoria : Governo Municipal

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.