Legislativo Municipal Nenhum comentário

Câmara homenageia Os Pioneiros pelos 50 anos da Festa do Peão de Boiadeiro

Da redação | 23 de Maio de 2019
Câmara homenageia Os Pioneiros pelos 50 anos da Festa do Peão de Boiadeiro

      Os vereadores Zezão do PT, Lolozinho Bernardes, Andrey dos Reis, Marcelo Fagundes, Moysés Chama, José Natan, Walteir de Oliveira, Gilson de Barros e Pastor Ronaldo Néris, apresentaram - na sessão ordinária realizada no dia 20 de maio - Moção de Congratulações à Comissão “OS PIONEIROS” pela comemoração dos 50 anos de realização da Festa do Peão de Boiadeiro de Aparecida do Taboado, comemorados nesta útlima edição.

 

Leia o texto da Moção:

     O ano de 2019 tem um significado muito especial para a comissão “Os Pioneiros”, pois há 50 anos tinha início um projeto idealizado por um grupo de pessoas que tinham em mente levar entretenimento através de uma atividade, que até então não era reconhecida como um esporte, que eram as montarias em touros e cavalos, hoje tão apreciado como rodeio.

      O grupo de amigos com espírito visionário que realizou a primeira festa era composto por Antônio Brito Valim – Seu Nego, Orcílio Pereira de Queiroz, Silvio Roberto Carrato, Oscar Yule de Queiroz e Luciano Aguiar Nogueira. Em 1970 nascia então aquele que se tornaria o maior evento de nosso calendário festivo: a Festa do Peão de Boiadeiro de Aparecida do Taboado. São 50 anos de história incapaz de ser transcrita nesta singela homenagem.

      O preito de reconhecimento dos membros desta Casa de Leis não pode traduzir em um relato a importância do trabalho destas pessoas, que se doaram ano após ano para que a Festa do Peão de Boiadeiro, atualmente denominada de TABOADÃO, ocorresse de uma forma que conquistasse cada vez mais o gosto do público.

      A intenção de estarem a frente da realização perdurou por décadas, sendo que ao longo dos anos alguns desistiram deste propósito, outros partiram desta vida, o que agregou outros nomes, ficando a atual comissão composta por oito membros.

      Nos últimos anos algumas situações levaram a comissão a buscar parcerias, sempre pensando em manter o padrão da festa e atender as expectativas do público.

      Foram anos memoráveis, que deixaram marcas indeléveis na memória de todos que tiveram e ainda têm o privilégio de participar a cada noite da festa, que ocorre no final do mês de abril e início de maio.

      A nossa intenção não é descrever a linda trajetória destes 50 anos, até porque tudo isso foi feito em uma das noites da festa realizada neste ano, tanto para homenageá-los como para que o púbico tivesse acesso a fatos que não conheciam. Todo o tributo prestado, as honrarias concedidas não conseguem expressar a relevância da existência desta festa para nossa cidade.

      Houve um tempo em que administradores municipais, cientes da importância da festa, que gera divisas para todos os setores da economia local, bem como das dificuldades que Os Pioneiros enfrentam para realizar cada edição, colaboraram para a realização com o repasse de recursos, que eram previamente aprovados pelos membros desta Casa de Leis, além de poderem contar com o benefício de isenção de impostos, garantida por um período conforme a legislação vigente.

      Hoje isso não mais acontece e a Comissão vem enfrentando sérios problemas para cumprir com suas obrigações, pois, apesar de ser um evento que fomenta o turismo, não há qualquer incentivo para a sua realização.

      No ano em que Os Pioneiros completam seus 50 anos e deveriam receber as merecidas honrarias, a situação se inverteu. Como costumeiramente é dito: os homenageados eram eles, mas quem recebeu o presente foi a população, que pode prestigiar as cinco noites da festa com portões abertos. O público recebeu com alegria o presente, superlotando o recinto durante o evento. Muitas famílias que há anos não tinham condições de participar, aproveitaram para levar os filhos ao parque de diversões e assistir ao concorrido rodeio em touros e cavalos que sempre é um espetáculo, além da grade de shows, que agradou a todos.

      Homenagens foram prestadas à comissão, que teve a sua história relatada de diversas maneiras, trazendo um misto de tristezas e alegrias, principalmente ao lembrar daqueles que já partiram, mas que deixaram a sua contribuição para a realização da festa com muita dedicação, respeito e amor ao que faziam.

      Do começo humilde em um espaço usado como campo de futebol até o monumental recinto dos dias atuais muitas batalhas foram vencidas. Não só Os Pioneiros, mas toda a comunidade aparecidense se orgulha da grandiosidade das edificações que abrigam a famosa festa do peão. Tudo isso só foi possível graças ao lema da comissão, que não visa lucros e aplica todos os recursos obtidos em melhorias no próprio recinto, além de contribuir com entidades sociais, adquirir imóvel e fazer doação ao Município, a exemplo da Casa Abrigo, benefícios estes que não se tornam conhecidos justamente por não aprovarem a divulgação de tudo que já fizeram pela comunidade. Essa ideia de não visar lucros pessoais é uma confirmação da longevidade desta comissão, pois sabemos que onde existe divisão não se chega tão longe.

      Por tudo que conhecemos da história dos Pioneiros, que atualmente conta em sua formação com duas mulheres, Presidente e Vice-Presidente da atual comissão, Silvia Maria Gouveia e Aritana Souto Valim, respectivamente, e com os senhores Orcílio Pereira de Queiroz, Alcidone Sebastião de Almeida, Paulo Roberto Schumaher, José Queiroz Moreira, José Batista Fiori e Mário José Pinho, num total de oito pessoas, em especial pelo amor que devotam ao que fazem, seguindo o ideal dos seus fundadores, esses Vereadores não poderiam deixar de prestar essa singela, porém sincera homenagem por tudo que já fizeram e irão fazer para que a Festa do Peão de Boiadeiro de Aparecida do Taboado, o Taboadão, continue sendo uma das melhores do Brasil, com peões renomados e toda uma estrutura que nos orgulha profundamente.

      O nosso sincero desejo é de que o ideal destes homens e mulheres perdure, que o sucesso cresça a cada ano e que os obstáculos sejam vencidos para o bem de todos os amantes do rodeio”, justificaram os vereadores.

 

Discussão

      Ao discutirem a Moção, os vereadores Véião, Moysés Chama, José Natan, Andrey dos Reis, Lolozinho Bernardes, Marcelo Fagundes, Pastor Ronaldo Néris e Zezão do PT, enalteceram a grandiosidade dos 50 anos deste belo evento promovido pela comissão “Os Pioneiros”.

 

Agradecimentos

      Em nome da comissão, Silas Pereira agradeceu a todos vereadores pela homenagem. Falou sobre as doações realizadas em nosso município pela comissão. Colocou o recinto a disposição de todos aparecidenses, entidades para qualquer realização. Declarou que no estatuto da comissão está escrito que se por ventura algum dia for desapropriado aquela localidade, os recursos serão para pagar dívida, se tiver, e o restante para as entidades. Os pioneiros não ficarão com nada. “Somos um grupo de pessoas que nos reunimos para trabalhar para nossa população”.

 

      José Queiroz Moreira ao usar a palavra, disse que é com muita emoção que recebem esta homenagem, agradeceu de coração aos vereadores. “Dedicamos a moção a todos aparecidenses. Um momento alegre para todos Pioneiros”. Relembrou os que partiram, Sérgio Wagner, Seu Nego, o Zuza, o Luiz Cavicchiolli. Relembrou os prêmios doados, relembrou as festas de Barretos. Declarou que sempre recebe as notícias de Aparecida do Taboado, através dos jornais, Folha Integração, Jornal do Bolsão e Selvíria Jornal. Desejou muitas felicidades aos vereadores pelo brilhantismo no trabalho, sempre firmes e otimistas.

 

Aparecida do Taboado

Categoria : Legislativo Municipal

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.