Senadora diz que vai viajar de classe econômica

Ângela Kempfer, Campo Grande News | 05 de Março de 2019
Senadora diz que vai viajar de classe econômica

Quem paga? – Depois de entrar para a lista de parlamentares "mal falados", por emendar recesso de Carnaval com viagem paga com dinheiro público, a senadora Soraya Thronicke (PSL) usou o Facebook para se defender e explicar a ida aos Estados Unidos, onde participa de evento na ONU, sobre políticas públicas para mulheres.

Já conheço - Ao Campo Grande News, ela contou que já viajou algumas vezes para Nova York, como quem diz que "não precisa disso". Também confirmou que vai a convite da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e com todas as despesas pagas pelo Senado, mas não para fazer turismo.

Low cost – Soraya cita ter feito curso em Harvard “com 72 mulheres de 17 países” e tenta justificar os gastos. Segundo ela, o Senado bancará “de quatro a cinco dias” da viagem. “Não vou para fazer compras”, antecipou, prometendo viajar “de classe econômica e gastando o mínimo necessário”.

Batendo ponto - Aliás, nesta segunda-feira ela postou foto durante trabalho no gabinete no Senado, assim como o patrão Bolsonaro, lembrou. Soraya Thronicke bateu ponto, mesmo prestes a embarcar para os states. Apesar de ser ponto facultativo, ela diz que aproveita para “adiantar o trabalho”. 

Folga e água – Simone Tebet (MDB) e Nelsinho Trad (PSD) foram sucintos ao se despedirem dos internautas antes do Carnaval. A senadora, em 2 de março, desejou boa folia a todos em sua página no Facebook. Já Nelsinho, também via rede social, lembrou do lado médico e recomendou aos foliões que se mantenham hidratados.

Combo – A Promotoria de Justiça de Bela Vista abriu, de uma só vez, procedimento para verificar a quantas andam os portais da transparência das prefeituras e Câmaras Municipais do município e também de Caracol e do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) bela-vistense. A divulgação de dados como receitas, despesas e pessoal por órgãos públicos é exigência federal.

Olha eu aqui – Já em Terenos, o Ministério Público está de olho em possíveis irregularidades quanto a divulgação da imagem do prefeito Sebastião Donizete Barraco (PMN) em documentos emitidos pela administração da cidade, bem como expostos em dependências da prefeitura.

Tietando - Os dois principais destinos para quem gosta de escola de samba reuniu vários sul-mato-grossenses neste Carnaval. O assessor especial do governo do Estado, Carlos Alberto Assis, foi para o Rio de Janeiro e conseguiu até foto com a rainha das rainhas do Sambódromo, a musa Viviane Araújo.

Em sampa - O chef de cozinha mais famoso de Mato Grosso Sul, Paulo Machado, também vestiu a fantasia, mas para defender as cores da Acadêmicos do Tucuruvi, durante o desfile de São Paulo.

Olho nas minas - Ainda sobre o Carnaval, a Defensoria Publica de Mato Grosso do Sul divulgou alerta para as meninas sobre assédio, usando termos usuais, para se aproximar das "minas". "Viu alguém numa possível situação desconfortável? Fique ali perto até rolar um contato visual. Quando ela te olhar, pergunte sem emitir som: 'Quer ajuda?'", ensina a Defensoria.

 

Campo Grande

Categoria : Política

Heller
Nenhum comentário encontrado.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.